Modbus ASCII versus Modbus RTU

0
360
Modbus RTU vs ASCII

Modbus: Visão Geral e História do ASCII e RTU

Modbus é um protocolo de comunicação de dados serial simples usado em sistemas de automação industrial. Ele foi desenvolvido pela Modicon (agora Schneider Electric) em 1979 para se comunicar com seus controladores lógicos programáveis (PLCs). Desde então, tornou-se um protocolo padrão de facto em muitas indústrias, graças à sua simplicidade e robustez. Em essência, um sistema Modbus consiste em um mestre (um controlador, como um PLC) que solicita dados a um ou mais escravos (dispositivos de campo, como sensores ou atuadores), que respondem com os dados solicitados.

O Modbus é disponibilizado em duas variantes principais: Modbus ASCII e Modbus RTU. Ambas as variantes usam o mesmo formato de mensagem básico, mas diferem na forma como os dados são codificados e transmitidos. Embora ambos sejam amplamente utilizados, cada um tem suas próprias vantagens e desvantagens, bem como casos de uso específicos.

A primeira variante, Modbus ASCII, foi projetada para ser facilmente legível por humanos e máquinas. Cada byte de dados é representado como dois caracteres ASCII, permitindo uma fácil depuração e diagnóstico. No entanto, isso também significa que as mensagens Modbus ASCII são mais longas e mais lentas de transmitir do que as mensagens Modbus RTU.

Entendendo o Modbus ASCII: Características Principais

O Modbus ASCII utiliza um formato de dados que é facilmente legível por humanos e sistemas. As informações são transmitidas como caracteres ASCII, com cada byte de dados representado por dois caracteres hexadecimais. Isso facilita a depuração e a diagnóstico, pois os dados podem ser lidos diretamente do fluxo de comunicação sem a necessidade de decodificação especial.

No Modbus ASCII, as mensagens começam com um caractere “:”, seguido pelos dados codificados em ASCII. Cada mensagem é terminada com um retorno de carro e uma nova linha (CR e LF). Além disso, cada mensagem inclui uma soma de verificação de redundância longitudinal (LRC) no final, que é usada para detectar erros na transmissão.

Embora o Modbus ASCII seja mais fácil de depurar e diagnosticar do que o Modbus RTU, ele também tem desvantagens. Em particular, devido à sua natureza baseada em texto, as mensagens Modbus ASCII são mais longas e mais lentas de transmitir do que as mensagens Modbus RTU. Isso pode ser um problema em redes com largura de banda limitada ou em aplicações exigentes em tempo real.

Compreendendo o Modbus RTU: Aspectos Técnicos Distintos

O Modbus RTU, por outro lado, é uma variante binária do protocolo Modbus. Ele usa a mesma estrutura básica de mensagem que o Modbus ASCII, mas codifica os dados como valores binários brutos em vez de caracteres ASCII. Isso resulta em mensagens mais curtas e mais rápidas de transmitir, tornando o Modbus RTU mais eficiente em termos de largura de banda do que o Modbus ASCII.

No Modbus RTU, cada mensagem começa com um endereço de escravo de byte único, seguido pelos dados codificados em binário. A mensagem é terminada com uma soma de verificação de redundância cíclica (CRC) de dois bytes, que é usada para detectar erros de transmissão.

Embora o Modbus RTU seja mais eficiente em termos de largura de banda do que o Modbus ASCII, ele também é mais difícil de depurar e diagnosticar. Como os dados são codificados como valores binários brutos, eles não são facilmente legíveis por humanos ou sistemas sem a ajuda de um decodificador. Isso pode tornar o diagnóstico de problemas mais desafiador.

LR-7520 – Módulo Conversor Bi-direcional RS-232 para RS-485, Isolação 3000Vdc na RS-232

LR 7520 Modulo Conversor Bi direcional RS 232 para RS 485 Isolacao 3000Vdc na RS 232 8

Análise Comparativa: Modbus ASCII versus Modbus RTU

Comparando as duas variantes de Modbus, podemos ver que ambas têm seus próprios pontos fortes e fracos. O Modbus ASCII é mais fácil de depurar e diagnosticar, mas é menos eficiente em termos de largura de banda. Por outro lado, o Modbus RTU é mais eficiente em termos de largura de banda, mas mais difícil de depurar e diagnosticar.

Em termos de velocidade de transmissão, o Modbus RTU tem uma vantagem clara. Devido ao seu formato de dados binário, ele pode transmitir dados mais rapidamente do que o Modbus ASCII. No entanto, isso também significa que um erro na transmissão pode ter um impacto maior, pois um único bit alterado pode alterar o valor de um byte inteiro.

Quando se trata de robustez, ambos os protocolos são bastante resilientes. Ambos incluem somas de verificação para detecção de erros, e o formato de dados binário do Modbus RTU é menos suscetível a erros de interpretação do que o formato baseado em texto do Modbus ASCII.

tGW-712i-CR – Gateway Modbus TCP para RTU/ASCII, 1x RS-232 com Isolação

Captura de ecra 2024 01 10 as 13.21.57 2

Casos de Uso: Aplicações Práticas do Modbus ASCII

O Modbus ASCII é frequentemente usado em aplicações onde a facilidade de depuração e diagnóstico é importante. Por exemplo, pode ser usado em redes de teste e desenvolvimento, onde os engenheiros precisam ser capazes de ler e interpretar os dados diretamente.

Um exemplo prático de uso do Modbus ASCII é em sistemas de monitoramento de energia. Os dados de consumo de energia podem ser coletados de medidores e outros dispositivos de campo, e transmitidos para um controlador central para análise. Usando Modbus ASCII, os engenheiros podem facilmente ler e interpretar os dados, facilitando a identificação e resolução de problemas.

Além disso, o Modbus ASCII também pode ser útil em aplicações educacionais. Por ser facilmente legível, pode ser usado para ensinar os princípios da comunicação Modbus a estudantes e aprendizes.

Casos de Uso: Aplicações Práticas do Modbus RTU

Em contrapartida, o Modbus RTU é geralmente preferido em aplicações em tempo real ou com largura de banda limitada, onde a eficiência de transmissão é crítica. Por exemplo, pode ser usado em sistemas de controle industrial, onde os dados precisam ser transmitidos rapidamente entre controladores e dispositivos de campo.

Um caso de uso comum para o Modbus RTU é em sistemas de automação de edifícios. Aqui, os dados de temperatura, umidade e outros parâmetros podem ser coletados de sensores em todo o edifício e transmitidos para um sistema central para controle e monitoramento. Usando Modbus RTU, esses dados podem ser transmitidos de forma eficiente, permitindo respostas rápidas a mudanças nas condições do edifício.

O Modbus RTU também é amplamente usado em sistemas de controle de processos industriais. Por exemplo, pode ser usado para transmitir dados de sensores e atuadores em uma linha de produção para um controlador lógico programável (PLC), permitindo o controle preciso do processo de produção.

Selecionando o Protocolo Modbus Correto: Considerações Importantes

Ao escolher entre Modbus ASCII e Modbus RTU, é importante considerar as necessidades e limitações específicas de sua aplicação. Aqui estão algumas considerações importantes a serem levadas em conta:

  • Largura de Banda: Se a largura de banda for limitada, o Modbus RTU pode ser a melhor escolha, devido à sua maior eficiência de transmissão.
  • Facilidade de Depuração: Se a facilidade de depuração e diagnóstico for importante, o Modbus ASCII pode ser preferível.
  • Velocidade de Transmissão: Se a velocidade de transmissão for crítica, o Modbus RTU é provavelmente a melhor escolha.
  • Robustez: Ambos os protocolos são robustos e incluem somas de verificação para detecção de erros. No entanto, o formato de dados binário do Modbus RTU é menos suscetível a erros de interpretação.
  • Disponibilidade de Hardware e Software: Finalmente, a disponibilidade de hardware e software compatíveis também pode ser um fator. Alguns dispositivos podem suportar apenas uma variante de Modbus, ou pode haver mais suporte de software disponível para uma variante do que para a outra.

LR-7188EXD-MTCP – Controlador Programável C e Gateway Modbus TCP/RTU, 1x 10-Base-T, 1x RS-232, 1x RS-485, Slot Expansão, Com Display

Captura de ecra 2024 01 10 as 15.52.07

Conclusão: Modbus ASCII ou Modbus RTU – Qual é o Melhor?

Conclusão: Ao escolher entre Modbus ASCII e Modbus RTU, não há uma resposta única que se aplique a todas as situações. Cada variante de Modbus tem suas próprias vantagens e desvantagens, e a melhor escolha depende das necessidades e limitações específicas de sua aplicação.

No entanto, em geral, podemos dizer que o Modbus RTU é geralmente preferido para aplicações em tempo real ou com largura de banda limitada, devido à sua maior eficiência de transmissão. Por outro lado, o Modbus ASCII pode ser preferível para aplicações onde a facilidade de depuração e diagnóstico é importante.

Finalmente, é sempre importante lembrar que a escolha do protocolo de comunicação é apenas uma parte de um sistema de automação bem projetado. Independentemente do protocolo que você escolher, é crucial garantir que seu sistema seja bem projetado e devidamente mantido para garantir a confiabilidade e o desempenho ideais.

Agradecimento

Esperamos que você tenha gostado deste artigo.

Se você ficou com alguma dúvida ou quer saber mais sobre esse assunto, deixe um comentário no nosso blog ou no nosso fórum de discussões.

Nossa engenharia terá o maior prazer em responder ao seu e-mail as suas perguntas e ajudá-lo a entender melhor esse tema.

Também gostaríamos de saber a sua opinião sobre este texto. Você o achou informativo, didático e envolvente? Você aprendeu algo novo com ele? Você tem alguma sugestão de melhoria ou de outro tópico que você gostaria de ver no nosso blog?

Sua participação é muito importante para nós, pois nos ajuda a melhorar a qualidade dos nossos conteúdos e a atender as suas necessidades e expectativas. Por isso, não deixe de nos enviar o seu feedback.

Agradecemos pela sua leitura e esperamos vê-lo novamente em breve no nosso blog. Até a próxima! 😊

Referências:

  1. Modbus Organization
  2. Schneider Electric
  3. Modbus ASCII vs Modbus RTU
  4. Understanding Modbus RTU
  5. Choosing the Right Modbus Protocol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui