Seja um membro LRI

Receba notícas em primeira mão assim como ofertas privilegiadas

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Fontes Industriais da Família MDR da Meanwell

Garanta eficiência em seus projetos com a linha MDR da Meanwell, fontes de alimentação robustas para uso industrial.
InícioComunicação de dadosModbus: 0 Pilar da Comunicação Industrial

Modbus: 0 Pilar da Comunicação Industrial

Entenda o Protocolo Modbus e Sua Importância na Automação Industrial

No universo da automação e controle industrial, a comunicação entre dispositivos é fundamental. É aqui que entra o protocolo Modbus, uma das linguagens de comunicação mais antigas e ainda amplamente utilizadas na indústria. Devido à sua simplicidade, robustez e abertura, o Modbus tornou-se uma escolha popular para conectividade em diversos sistemas industriais.

O que é?

Desenvolvido em 1979 pela Modicon (agora parte da Schneider Electric) para comunicar com seus controladores lógicos programáveis (CLPs), o Modbus é um protocolo de comunicação que permite a troca de dados entre dispositivos em sistemas de automação. Ele é normalmente usado para transmitir sinais de sensores, atuadores, CLPs e outros dispositivos de controle para sistemas de supervisão e monitoramento.

Características do Modbus:

  • Simplicidade e Abertura: Um dos grandes pontos fortes é a sua simplicidade. Além disso, por ser um protocolo aberto, qualquer fabricante pode implementá-lo em seus dispositivos sem custos de licença.
  • Variações: Existem basicamente três variações – ASCII, RTU e TCP. Enquanto as duas primeiras são destinadas para comunicação serial (como RS-232 e RS-485), a terceira é destinada para redes Ethernet.
  • Estrutura de Dados: Utiliza uma estrutura de dados tabular, que pode ser lida ou escrita pelos dispositivos. Estes incluem coils (para entradas/saídas digitais) e registros (para entradas/saídas analógicas).
  • Funcionamento Mestre-Escravo: Em uma rede, geralmente há um dispositivo mestre que solicita informações e um ou mais dispositivos escravos que respondem a essas solicitações.

A Relevância:

Versatilidade: É encontrado em uma variedade de sistemas, desde HVAC até sistemas de energia, passando por processos industriais.

Longevidade: Sua existência e relevância por mais de quatro décadas atestam sua robustez e confiabilidade.

Economia: Por ser um protocolo aberto, evita custos de licenciamento, tornando a integração mais econômica.

Aplicações do Modbus:

  • Monitoramento de Energia: Em sistemas de gerenciamento de energia, medidores e submedidores muitas vezes comunicam-se via Modbus.
  • Automação Predial: Sistemas HVAC, iluminação e segurança podem usar Modbus para integração e controle.
  • Processo Industrial: Desde a monitoração de sensores até o controle de atuadores, o Modbus é amplamente utilizado em aplicações de manufatura.
  • Gestão de Água e Efluentes: Estações de tratamento e sistemas de bombeamento frequentemente empregam Modbus para supervisão e controle.

Conclusão:

Modbus é mais do que apenas um protocolo; é uma testamentação à necessidade e valor da comunicação confiável e eficaz em sistemas industriais. Sua simplicidade, junto com sua natureza aberta, garantiu sua longevidade e relevância contínua em um mundo dominado por tecnologias em rápida evolução. Para muitos engenheiros e profissionais da automação, o Modbus continua sendo uma escolha confiável para integrar e comunicar-se com dispositivos em uma ampla gama de aplicações.

Esperamos que este texto tenha sido útil e esclarecedor para você. Se você gostou deste texto e quer saber mais sobre outros produtos da LRI, visite nosso blog. Se você tem interesse em adquirir o produto, acesse nossa loja oficial e faça o seu pedido.

Pergunte mais para nossa engenharia – vendas@LRI.com.br