Seja um membro LRI

Receba notícas em primeira mão assim como ofertas privilegiadas

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Fontes Industriais da Família MDR da Meanwell

Garanta eficiência em seus projetos com a linha MDR da Meanwell, fontes de alimentação robustas para uso industrial.
InícioComunicação de dadosCANopen: Uma Introdução ao Protocolo de Comunicação

CANopen: Uma Introdução ao Protocolo de Comunicação

Protocolo CANopen: Importância e Vantagens na Automação e Comunicação Industrial

O mundo dos sistemas embarcados, especialmente no que diz respeito à automação, está repleto de protocolos de comunicação destinados a fazer dispositivos conversarem entre si de forma eficaz. Entre esses protocolos, o CANopen destaca-se como uma das escolhas mais populares para aplicações industriais, médicas e em muitas outras áreas. Vamos dar uma olhada mais de perto nesse protocolo, entender seu histórico, características principais e vantagens.

1. o que é:

O CANopen é um protocolo de comunicação e um perfil de dispositivo baseado no CAN (Controller Area Network) desenvolvido inicialmente pela Robert Bosch GmbH nos anos 80 para automóveis. O CAN era a resposta à necessidade crescente de comunicação entre múltiplos microcontroladores em sistemas automotivos.

O CANopen, por sua vez, foi criado para expandir o uso do CAN para outros campos além do automotivo, oferecendo uma camada de aplicação mais alta e especificações para interação entre dispositivos.

2. Características Principais

  • Arquitetura de Rede: CANopen permite uma estrutura de rede multi-mestre, o que significa que vários dispositivos podem iniciar a comunicação na mesma rede.
  • Objeto Dicionário: Cada dispositivo CANopen possui um “dicionário de objetos”, que é uma tabela estruturada que contém todos os dados que podem ser lidos ou escritos. O acesso a estes dados é feito através de índices.
  • Process Communication: A comunicação regular de dados (por exemplo, dados de sensores) é realizada através de objetos PDO (Process Data Objects). Os PDOs permitem comunicação em tempo real.
  • Service Communication: Para configuração e monitoramento, CANopen usa os SDOs (Service Data Objects). Eles são projetados para transferir dados que não são críticos em termos de tempo.
  • NMT (Network Management): O CANopen inclui um protocolo de gerenciamento de rede chamado NMT, que controla o estado dos dispositivos (inicialização, operação, predefinição, etc.).

3. Vantagens

  • Flexibilidade: Devido à sua estrutura aberta e ao seu perfil baseado em dispositivos, o CANopen pode ser adaptado a várias aplicações.
  • Real-time: CANopen é adequado para operações em tempo real, tornando-o atraente para aplicações industriais que necessitam de resposta rápida.
  • Eficiência: A utilização do protocolo CAN garante uma comunicação eficiente, mesmo em ambientes com muita interferência eletromagnética.
  • Escalabilidade: A rede CANopen pode ser facilmente expandida adicionando-se mais nós, sem necessidade de reconfiguração de toda a rede.

CANopen Conclusão

Com sua combinação de eficiência, flexibilidade e capacidades em tempo real, tornou-se uma escolha de destaque para muitos designers de sistemas em diversas indústrias. Seja em máquinas de automação industrial, dispositivos médicos ou qualquer outro campo que necessite de comunicação robusta e confiável entre dispositivos, provando ser uma solução valiosa.

Esperamos que este texto tenha sido útil e esclarecedor para você. Se você gostou deste texto e quer saber mais sobre outros produtos da LRI, visite nosso blog. Se você tem interesse em adquirir o produto, acesse nossa loja oficial e faça o seu pedido.

Pergunte mais para nossa engenharia – vendas@LRI.com.br